domingo, 16 de novembro de 2008

primeiro dia BFF

Sexta começou o Brasília Fashion Festival, evento de moda do DF para o alto verão. Durante todo esse fim de semana o Brasília Alvorada Hotel conferiu muita gente bonita e coleções idem.
Por sua passarela passaram, na sexta, grifes daqui de Brasília e do Rio, como a reprise do desfile da SPFW da Isabela Capeto. Por ser o último dia da semana, e o local ser meio descentralizado não deu muita gente não, mas no sábado deu uma galera legal e acredito que isso vá se repetir hoje.

Infelizmente, por causa do trabalho perdi os três primeiros desfiles da sexta - Martha Medeiros, Isabela Capeto e Ludovika -, mas ainda postarei algo sobre eles me baseando nas fotos do finíssimo, que aliás é sempre minha fonte de fotos... hehe... um dia ainda ligo lá agradecendo... E por falhas técnicas só pude postar hoje o que aconteceu no evento, queria postar tudo no mesmo dia, mas minha internet always ruim não permitiu.

Dos que eu vi, o que mais me interessou foi o da Fabíola que teve um ar mais sério, e como eu ando trabalhando muito com vestidos de festa também serviu de referência em alguns pontos... Mas vou começar do começo:



MARIÁ ARAÚJO

A estilista que já está no mercado há 5 anos e comercializa suas peças na BSB Mix fez muito bonito em sua coleção intitulada Romantica. Tudo bem delicado, com carinha de roupa feita com amor mesmo.
Vestidinhos leves e soltinhos de algodão - e até um crepe com textura super diferente - deixavam as modelos - meninas, diga-se de passagem - mais meninas ainda... Como ela já desenvolve um trabalho de patchwork essa coleção seguiu a risca essa prática. Os vestidinhos tinham aplicações de flores que, apesar de artesanato, fugiam e muito daquela cara de fuxico - que eu não aguento. A estamparia também era bem romantica e delicada. As formas, como já dito, era soltas e leves, mas apesar do ar menininho tinha uma sensualidade leve e gostasa, bem bucólica. Ela também fez uma mistura de tecidos diferentes que deixavam as roupas bem mais interessantes, como um vestido de babadinhos em que ela intercalou babados de algodão e cetim que deu um movimento diferente ao vestido, mesmo por que babado, nessa estação já virou cliché.
Outro detalhe super em alta na estação e que deu um up nos vestidinhos foram as carteiras de tecido super romanticas e que deixava a mocinha romantica um tiquinho mais sofisticada, também com aplicações de flores todas lindasssss...




MÃOS QUE CRIAM

Ecobag de garrafa pet na praia, sim!!!! Tudo pra esse desfile foi confeccionado com material reciclado, desde os colares, com formas geométrica e cores vivas até as it bags de praia maravilhosas e grandes pra caber tudo. A Mãos que criam, de uma região mais carente do DF, soube usar bem o material reciclado sem ficar com aquela cara de reciclado mesmo. Acabamento perfeito. O estilista Ronaldo Fraga deu uma mãozinha para as 270 artesãs da cooperativa. Braceletes, colares, bolsas e acessórios para cabelo completava os looks de Fraga. Tudo bem colorido, bem verão, bem maxi e bem eco.



FABÍOLA ALVES

Esse foi um dos melhores desfiles do dia, na minha opinião. A estilista se inspirou no quadro Jardim de Flores do artista plástico Paul Klee. As cores e as formas foram totalmente retiradas do quadro e para o desfile foi montado todo um cenário de uma sala de pintura. Os vestidos, todos esvoaçantes, tinham bastante babado e pregas, beeeem trendy. O que mais me chamou a atenção foram as cores que fugiu muito das cores de verão, são cores mais sérias, fechadas, bordôs, rosa antigo. Os babadões são maiores, e engordam menos, poucos vestidos tinham borbados, mostrando que a festa dela é mais séria, mais apagada, mas super charmosa.
Eu adorei.



EFIGÊNIA COSTA

Essa foi a estréia nas passarelas dessa estilista. Super inspirada pelas mulheres da highsocity carioca dos anos 70, a coleção veio cheia de longos cheios de classe, macacões, túnicas tudo bem chique. Destaque para o macacão saruel, que está super em alta, ontem encontrei pelo evento umas 5 pessoas usando sem medo de serem felizes. A alfaiataria marcou presença também, calças de corte impecável e camisas com estampas psicodélicas mostraram quão sofisticada é a mulher desta estilista. No entanto, acho que as modelos não conseguiram dar a graça que a roupa pedia não. Elas eram meninas demais, e pra carregar uma roupa forte e cheia de classe dessas elas tinham que ter um ar mais mulher, mesmo. Jóias maravilhosas de Antônio Abinave deram ainda mais charme ás roupas.



ANDREA MONTEIRO

O tema foi Alice no país da Bossa, eu pensei logo em menininha romantica como a da Mariá, mas ai quando o batidão começou é o primeiro look apareceu eu pensei: Vixi Maria,
é uma ninfeta depravada" Super exagero meu, mas não era romantica, era uma menina virando mulher, com micro saias, barrigas de fora e showrtinhos que deixavam muitaaa pele a mostra.
As cores eram vivas e o batidão deu outra animação pro desfile super lúdico.




PARANOARTE
Também com consultoria de Ronaldo Fraga a ONG do paranoá, cidade satélite de Brasília, a Paranoarte fez muito bonito e fechou com chave de ouro os desfiles do primeiro dia.Também reclicando material só que dessa vez o material foi incorporado na fabricação do tecido que tinha uma trama muito interessante. Os vestidinhos eram soltos, e as roupas tinham um caimento impecável nas modelos com tons pastéis o que deixava tudo bem mais frescinho, bem verão mesmo e bem mais ecofriendly.
Como mencionado mais acima, as fotos são do Finíssimo e vale a pena dar uma olhadinha lá nas outras. =)

Amanhã posto os desfiles do sábado e do domingo. E na terça, os detalhes badalados do evento que tem muita gente bonita e estilosa.
Bjos a todos e em especial pras meninas do Acho Chique que também estavam lá marcando presença e de olho em todos os detalhes.

Nenhum comentário: